Que o Social Media Marketing chegou para ficar nós já sabemos, mas cada vez mais essa plataforma de trabalho evolui e as marcas sentem necessidade de se aprimorar para estar onde seu público está: Online.

A Forbes lançou um artigo com 7 tendências de Social Media Marketing para 2017 que são essenciais para qualquer empresa, principalmente as que trabalham com moda e vendem desejo.

1) A evolução do Snap.

O aplicativo é um fenômeno que não para de crescer e transformou o jeito de fazer marketing. Agora com grande parte do mundo participando, o Snap corre para trazer novidades ao público, como o “óculos do mundo real”, que ajuda os usuários a transmitirem impressões reais e em primeira pessoa.

2) A queda do Twitter.

A plataforma cresceu rapidamente, mas hoje em dia não oferece mais novidades. Cada ano que passa a rede social se declina mais. Será que sobrevive mais um ano? Provavelmente sim, mas não é indicado as marcas apostarem suas fichas nele.

3) Usuários desejam uma experiência mais completa.

Está difícil acompanhar a onda. Clientes e marcas tem necessidades de uma experiência complete e quase sinestésica. Não adianta mais ler sobre um lançamento, eles querem ver, ouvir, sentir. Apps se modificam para acompanhar e criar experiências.

4) Surgimento de novas áreas na comunicação.

A ideia de que a rede social é apenas para uma pessoa se comunicar individualmente online ficou no passado. Estamos mergulhando na comunicação. Marcas já oferecem meios de atendimento ao cliente promovendo trocas entre empresa e consumidor de maneira eficaz.

5) O renascimento do Anúncio.

O alcance orgânico vem morrendo de tempos em tempos. Para chegar ao público as marcas precisam investir em publicidade paga, jogada criada pelas próprias redes, mas não podemos ficar para trás. Em contra partida, as plataformas se esforçam para desenvolver formas criativas de anúncios e assim, se mantém rentáveis.

6) Quando a imaginação se torna moda.

Em 2017 os posts artísticos, criativos, sentimentais e sensoriais tem mais probabilidade de tornarem-se virais do que os carregados de informações.

7) As marcas escolherão a plataforma mais apta para sobrevivência

Com tantas opções é impossível ser eficiente em todas as redes sociais. As marcas passam a escolher o que melhor atende, o que é mais prático para sua área de atuação e o que centraliza mais resultados na comunicação com seu público.

Sua empresa ainda não se coloca bem no mundo virtual? Procure um Agência para alavancar seus resultados em 2017.